terça-feira, 17 de novembro de 2015

Eragon - Ciclo da Herança

Eragon
by Leonardo Alves

Esse foi o primeiro livro comprado, primeiro filho, o primeiro de muitos, não necessariamente o primeiro que eu li, mas tenho muito carinho por esse livro, e também é o primeiro do Ciclo da Herança, que a principio era Trilogia da Herança, mas o autor viu que não conseguiria contar toda a essência da historia em três livros, e o terceiro foi divido em duas partes, o ciclo é composto por, Eragon, Eldest, Brisingr, e Herança.

Confesso que quando comecei a ler Eragon, ele me lembrou muito o Senhor dos anéis, talvez alguém descorde, mas o cenário, os personagens(Elfos, Orcs, Anões, Dragões, lutas de espadas, etc.), lembra um pouco a Historia do J.R.R. Tolkien, que por sinal, anos mais tarde venho a descobrir que esse livro foi inspirado nas historias de Tolkien. A capa desse livro, você tem que ver, é fantástica, com detalhes dourado, e relevos, se algum dia forem a alguma livraria, peguem para ver, quando comprei o Brisingr, ele veio em edição econômica, e não tem esses detalhes da capa, foi de partir o coração.
Eragon tem 480 páginas, e em lojas virtuais encontrei ele  custando em torno de R$ 25,00, o livro conta a historia do personagem, que é claro, tem o nome do Livro... NÃÃÃÃOOO ME DIGA. “O protagonista é um jovem de 15 anos que, ao encontrar na floresta uma pedra azul polida, se vê da noite para o dia no meio de uma disputa pelo poder do Império, na qual ele é a peça principal. A vida de Eragon muda radicalmente ao descobrir que a pedra azul é, na realidade, um ovo de dragão. Quando a pedra se rompe e dela nasce Saphira, Eragon é forçado a se converter em herói. Involuntariamente, o jovem é lançado para um arriscado mundo novo movido pelas tramas do destino, da magia e do poder. Empunhando apenas uma espada lendária e seguindo as sábias palavras de um velho contador de histórias, Eragon e o leal dragão terão de se aventurar por terras perigosas e enfrentar inimigos das trevas em um Império governado por um rei cuja maldade não conhece fronteiras. A Eragon foi dada a responsabilidade de alcançar a glória dos lendários heróis da Ordem dos Cavaleiros de Dragões. Será que conseguirá vencer os obstáculos que o destino lhe reservou? As escolhas de Eragon poderão salvar – ou destruir – o mundo em que vive.”

Como de costume, os filmes estragam qualquer livro, sinceramente, o filme me decepcionou e não me estranha que não tenham cogitado o segundo filme, inspirado no segundo livro Eldest, algumas coisas(quer dizer, muitas coisas), só o livro consegui explicar, não em jeito, esse negocio de pegar o livro e escrever um roteiro com adaptação esta por fora, que isso sirva de lição para os roteirista(kkkkk).

O livro é extremamente cativante, prendeu minha atenção do inicio ao fim, a cada pagina queria saber o que iria acontecer, é uma leitura fácil e gostosa de fazer, não cansa nem um pouco, algumas falas foram inspiradas no idioma norueguês medieval, para a linguagem dos Elfos, e o autor inventou expressões próprias para os anões e urgals, sem contar que esse livro se encaixa na minha categoria preferida de leituras, Ficção Fantasia, gosto muito desse tipo de leitura, desde novo.
Claro que como todo bom livro, devemos fazer uma segunda leitura, e como sabemos, cada vez que lemos novamente um livro, descobrimos coisas novas, nossas mentes vão se abrindo, não sei se com vocês é assim, mas com todos que eu li pela segunda vez, minha experiência foi outra, e descobri mais coisas.

No mais espero que tenham gostado desse novo texto, um grande abraço para vocês, e deem uma passado no nosso instagram, só clicar ali do lado à.


Instagram:


@mago_literario
@stars_pink
@leos_alves
@raianelmoraes

3 comentários:

  1. Olá Leonardo
    Esse livro também foi um dos meus primeiros comprados e sou até hoje apaixonada por ele, o filme ficou horrível mesmo rsrs
    Ótima resenha

    Beijos

    http://livrosentretenimento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ola, obrigado pelo elogio, quando é o primeiro livro, é dificil não ter um lugar especial em nossos corações.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir